Vereador aciona a PM para…

matinhaUm fato inusitado levou a polícia à porta lateral de acesso ao Parque Zoobotânico da Matinha na manhã desta sexta-feira, 24. Atedendo a um chamado do vereador Tarugão (Eliomar Alves Barreira), eles foram conferir de perto o que acontecia. O vereador alegava que tinha direito a entrar no Parque da Matinha para averiguar as atuais condições em que o local se encontra, uma vez que tinha sido fechado para reformas depois que denúncias davam conta de que as antas estariam sendo atacadas vivas pelos urubus, apresentando alguns ferimentos no dorso. Parado pelo porteiro que dizia obedecer ordens do secretário de Meio Ambiente Carlos Leôncio, o vereador Tarugão, acompanhado de seu assessor Roberto Kléber e dos repórteres Diego Rodrigues e Tito Rocha, apelou para a presença dos policiais.

Vencido pelas alegações de Tarugão, o secretário que foi chamado ao local resolveu ceder e permitir a entrada do edil que também tem um horário em uma emissora da cidade. Ao percorrer o interior da Matinha, Tarugão e seus acompanhantes foram surpreendidos com aquilo que alegam ser uma verdadeira “vergonha para a administração do prefeito Zé Carlos”: sujeira espalhada por todos os cantos, abrigos de animais destruídos e outros em péssimo estado de conservação, um número pequeno de animais no recinto, urubus mortos e de reforma, “apenas a ampliação daquilo que parece ser a sala do secretário de Meio Ambiente”, revelou.

Jacaré ‘‘vacilão’’

Como se não bastasse, a denúncia de que um jacaré teria sido “levado” de dentro do extenso Parque Zoobotânico da Matinha virou motivo de piada nos quatro cantos da cidade. Há informações de que o animal já estaria “sumido” há algumas semanas, mas o comunicado só chegou ao conhecimento da polícia – pois uma queixa foi prestada por um preposto da Matinha – no último dia 23. Não se sabe quem teria e como teria retirado do local um jacaré do papo-amarelo de cerca de 2 metros de comprimento e aproximadamente 150 quilos.

E não é a primeira vez que jacaré vira assunto na mídia itapetinguense e até mesmo caso de polícia: um enorme bicho de dentes afiados foi recolhido pela Guarda Municipal no bairro Quintas do Sul, no ano de 2011, com cerca de 1,70m de comprimento, depois que uma forte chuva provocou o transbordamento da Lagoa do bairro Primavera. Há informações que o animal teria percorrido um trecho grande do bairro e ainda atravessou duas faixas duplas de uma pista na entrada da cidade. O animal foi levado para a Matinha depois de localizado por populares que acionaram a GM. Não se sabe ao certo se este seria o mesmo jacaré que desapareceu nesta quinta-feira.

Cobrar providências

De posse de fotografias que mostram o lastimável estado em que se encontra o Parque da Matinha, o vereador Tarugão promete levar o assunto à discussão na Câmara de Vereadores e pedir providências das autoridades ligadas ao meio ambiente no estado.

 

Tags:

Sem comentários ainda.

Deixe um comentário