Urleide Guimarães Santana

– Há quantos anos atua na educação de nossa região?

Comecei a trabalhar no município de Itarantim, em 1976, como Secretária de Educação; em 81, fui convocada pelo Estado da Bahia, para desenvolver a função de professora, assumindo posteriormente a direção de uma escola, permanecendo até 1984, período em que fui removida para a DIREC/14-Itapetinga, onde fui Coordenadora Pedagógica até o momento da aposentadoria em 2005. Assumi logo em seguida, o cargo de Secretária Municipal de Educação de Itapetinga, encerrando a minha carreira nesse município, como Diretora Regional de Educação da DIREC/14, com 33 anos de carreira ativa, servindo a Educação.

 

– Em sua opinião qual foi a sua maior contribuição para a educação regional?

Oportunizar curso de Pedagogia, em convênio com a UESB, para 90% dos professores da rede municipal de Itapetinga, que ainda não tinham licenciatura para o Ensino Fundamental I; De um modo geral “deixei” nos 12 municípios da região algumas contribuições que podem produzir efeitos bons para a melhoria da qualidade da educação, não só regional, mas também estadual, desenvolvendo em vários municípios, cursos de capacitações para professores, através do Projeto Nordeste.

 

– Quais são as habilidades que os professores contemporâneos precisam ter para atuar de forma satisfatória?

Compreender as necessidades da sociedade da qual vive, procurando sistematizar os conteúdos básicos necessários, contextualizando-os, sendo assim creio que a cada dia teremos uma Educação de melhor qualidade, sem perder de vista a sua formação continuada.

 

– A Sra. acaba de assumir a direção de uma escola particular no município de Itarantim, quais as suas expectativas?

Acredito que junto ao corpo técnico, administrativo e pedagógico, possamos desenvolver um trabalho de qualidade, pois a Escola Kiarelly vem ao longo de 27 anos, atendendo a Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio baseada em uma pedagogia integracionista, com uma visão intra e extra escolar, conveniada a um sistema de alta qualidade, oferecendo suporte pedagógico na formação continuada da equipe. Em 2011, 50% dos alunos do 3º ano do Ensino Médio, ainda no início da 4ª unidade, foram aprovados em vestibulares, razão pela qual o ensino dessa escola atende as expectativas da demando universitária do nosso país.

 

Sem comentários ainda.

Deixe um comentário