Terrenos baldios transformados em depósito de lixo

Moradores do bairro mais populoso do município, Nova Itapetinga, transformam terrenos e áreas abertas em verdadeiros depósitos de lixo, como aconteceu no Cruzamento das Travessas 01 e Rio Branco com a Avenida Gerson de Oliveira, um triâgulo oriundo de um terreno particular, que desde o lotemento do bairro o proprietário nunca construiu, murou ou cercou a área, levando as pessoas a, de forma incorreta, utilizarem o terreno para descartar todo tipo de material (resto de construção, lixo doméstico, dejetos diversos, colchões, sofás, peças de computadores, resto de poda de árvores), deixando a localidade feia e com mau cheiro.

A outra área também utilizada para depósito de lixo é a da Praça José Luna, localidade que passa por limpeza periódica da Prefeitura Municipal a cada 15 dias, mas de nada adianta, pois assim que as máquinas deixam o local, moradores no entorno da praça e dos terrenos baldios voltam a sujar, enfeiando as áreas com lixo, entulhos e descarte de lixo urbano.

A denúncia já foi feita diversas vezes e as secretarias responsáveis pela limpeza de vias públicas e recolhimento de entulhos tem procurado sanar o problema. Mas se concluiu que o fato de se continuar empilhando lixo nesses logradouros está relacionado a uma cultura errada das pessoas que não se conscientizaram da necessidade de se preservar o meio onde vive e o meio ambiente.

 

Sem comentários ainda.

Deixe um comentário