Suspensos os atendimentos no final de semana

 

Dr. Jilvan Matos Silveira

Mais uma vez a comunidade itapetinguense foi surpreendida com o comunicado feito pelo médico Jilvan Matos Silveira, diretor do Hospital Cristo Redentor: estavam suspensos os atendimentos de pediatria, ginecologia, obstetrícia e ortopedia naquela unidade hospitalar, uma vez que os plantonistas não recebem desde novembro os seus salários, que são devidos pela Prefeitura de Itapetinga, através de convênio firmado via Secretaria de Saúde.

Por telefone, o médico informou à reportagem de Dimensão que teve que tomar a atitude pois não pode exigir que os plantonistas estejam à disposição do hospital sem que recebam por seus serviços. “Infelizmente esta não é a primeira vez que passamos por uma situação como esta e quem acaba pagando o pato é a comunidade, principalmente a mais humilde”. O médico disse ainda que o setor de emergência do hospital está funcionando e que a equipe está avisada que em caso de risco de vida, a ordem é acionar a equipe. “Não somos profissionais irresponsáveis, o hospital é composto por uma equipe consciente de seus deveres e também de seus direitos”, ressaltou.

Antes de suspender os atendimentos, Jilvan Matos Silveira comunicou ao Cremeb – Conselho Regional de Medicina da Bahia e ao Ministério Público o motivo da suspensão. “Recebi inclusive um telefonema do promotor de justiça nos convocando para uma reunião com o prefeito da cidade e os representantes da Secretaria de Saúde. Disse a ele da nossa disposição e que bastava nos comunicar qual seria o horário para que também os representantes do Hospital Cristo Redentor se fizessem presentes. Momento depois recebi outro telefonema do Ministério Público, tendo o representante que me ligou passado a informação de que, uma vez marcada a reunião, o promotor estaria nos solicitando que suspendêssemos a ordem de não atendimento de algumas especialidades, o que eu disse que infelizmente não poderia concordar, uma vez que da primeira oportunidade em que passamos por uma situação idêntica a secretária de Saúde tinha me pedido um voto de confiança, o que foi dado por nós, mas voltamos a viver a mesma situação tempos depois. É bom também que todos saibam que está em jogo na realidade neste momento não é só dinheiro, mas também o respeito aos profissionais que trabalham no HCR”, desabafou o médico, que disse que a saúde na atual administração está sofrendo se não a mesma, mas situação muito parecida à verificada nas duas gestões de prefeitos anteriores.

 

Tags: , ,

Um comentário para “Suspensos os atendimentos no final de semana”