Preso por homicídio, Eudes Gás teve primeira audiência

José Eudes Moitinho, popularmente conhecido por Eudes Gás, 56 anos, morador da Rua José Renato Muniz – Vila Sônia, preso desde o dia 18 de fevereiro, acusado de matar Reginaldo Ribas Silva, 37 anos, a golpes de faca, depois de uma confusão no interior de sua residência, na manhã do dia 16.02, quando a vítima arrebentou a porta para agredi-lo com um bastão de madeira, continua custodiado na carceragem da 21ª COORPIN de Itapetinga (Complexo Policial) à disposição da Justiça Criminal.
Eudes Gás teve a Audiência na 1ª Vara Crime desta Comarca, onde foi interrogado e confessou o crime, alegando legítima defesa. Após audiência, José Eudes foi levado de volta ao xadrez da DT, onde segue preso.
Na tarde de quinta-feira, 03.03, o detento sentiu-se mal no interior da cela e teve que ser socorrido pela Chefia de Custódia da Unidade Policial, que o encaminhou ao Pronto Socorro do Hospital Cristo Redentor – Unidade da Fundação José Silveira, onde foi atendido pelo médico de plantão, Dr. José Roberto Menezes.
Depois de medicado foi liberado do hospital e levado de volta a sua cela.

Sem comentários ainda.

Deixe um comentário