Polícia responsabiliza proprietário de casa por morte de animais

A Polícia Civil de Itapetinga conclui esta semana procedimento que apura a morte de uma cadela, uma gata e seus filhotes recém-nascidos e um periquito. Esses animais foram encontrados mortos, de fome e sede, no interior de uma casa na Rua B, no Residencial Hilda Gama, no último dia 17 de outubro.

Policiais civis, guardas municipais e prepostos da Vigilância Sanitária estiveram no local, após a denúncia de moradores que sentiram o cheiro fétido que vinha do imóvel.

O proprietário da casa, logo identificado como Juscelino José do Nascimento, de 31 anos, na manhã desta quinta-feira, 25, prestou esclarecimentos ao Delegado Plantonista, Marcos Larocca.

Juscelino disse que há alguns dias teve que viajar a Vitória da Conquista para trabalhar na construção civil e deixou tomando conta da casa e dos animais um vizinho seu, que também acabou viajando. Nisso, os animais ficaram sozinhos.

Disse ainda que somente tomou conhecimento da morte dos animais depois que recebeu uma ligação telefônica de uma vizinha.

O delegado indiciou Juscelino José do Nascimento nos artigos 29 e 32 da Lei 9.605/98 (crimes ambientais contra a fauna).

 

Sem comentários ainda.

Deixe um comentário