Morre o patriarca da família Santos

paUm dos fundadores da Paróquia Nossa Senhora das Candeiras, no bairro Clodoaldo Costa, Daniel Antonio Santos, faleceu na quarta-feira, 25, quando um acidente com a escada em que trabalhava provocou sua queda de grande altura. Socorrido ainda com vida, Seu Daniel foi levado ao Hospital Cristo Redentor e em seguida transferido para uma unidade de saúde em Vitória da Conquista, uma vez que sofreu traumatismo craniano. Na manhã da quinta-feira, antes mesmo de ser levado para a UTI, ele não resistiu e faleceu.

Pai de 10 filhos, 21 netos e 4 bisnetos, Seu Daniel era um exemplo para a família e também para os amigos com quem convivia, transmitindo a todos muita alegria e fé. A comunidade católica, da qual ele fazia parte, acompanhou durante toda a quinta-feira o seu velório, em sua residência, e na sexta-feira padres que já passaram por Itapetinga, bem como os atuais que aqui estão, Carmelito e Josué Vieira, concelebraram a missa de corpo presente, que lotou as dependências da Igreja Nossa Senhora das Graças.

Sobre Seu Daniel, escreveu o serventuário da justiça e membro da comunidade católica, Jailson Santos: “homem de sorriso largo e fácil, de um coração generoso, sempre pronto a ajudar. O seu amor e dedicação a Deus, à Igreja, à família e aos amigos, fizeram dele um referencial de fé para todos nós. Construiu e reformou igrejas, com sua habilidade indiscutível como mestre de obras. Animou na fé tantos corações desanimados. Alegrou tantos outros corações carentes e sedentos da Palavra de Deus. Deixa um inegável legado de fé, amor, esperança, perseverança, alegria e companheirismo. Era um líder nato. Um verdadeiro profeta dos nossos tempos”.

Seu corpo foi sepultado no Cemitério Jardim da Saudade, no Camacã.

Sem comentários ainda.

Deixe um comentário