Matrículas na rede estadual encerram dia 27

A Escola Modelo Luiz Eduardo Magalhães foi onde se verificou durante a semana em Itapetinga, o maior número de pessoas em busca de uma vaga para matrícula na rede estadual de ensino. Filas chegaram a ser formadas, mesmo a direção da escola tendo comunicado que inscrições poderiam ser feitas pela internet. Segundo o diretor da unidade de ensino, Carlito Alves Brito, 12 salas de aula já estão completas para os turnos matutino e vespertino e ainda há vagas para o noturno.

“A Secretaria de Educação do Estado divulgou na TV, no rádio e nós divulgamos nos quatro postos de matrícula nos colégios Industrial, CEAD, Manoel Novaes e no Modelo, que as pessoas poderiam fazer nessas escolas a matrícula para qualquer instituição escolar no estado da Bahia. Infelizmente nem todos entendem este processo e ainda teimam em ficar horas a fio nas filas, buscando o atendimento individualizado. Mas acrescento que atendemos a todos aqui na Escola Modelo e quando terminaram as vagas destinadas ao número de matrículas que tínhamos, explicamos aos pais ou estudantes que o processo iria continuar na escola aberto à matrícula em qualquer outra unidade de ensino. A idéia é realmente acabar com as filas, disponibilizando um atendimento mais rápido e prático para todos”, explicou o diretor à reportagem de Dimensão.

 

Grande número de alunos

Localizada no bairro Vitória Régia, a Escola Modelo Luiz Eduardo Magalhães atende a 480 alunos por turnos. A escola está sendo preparada para receber o alunado a partir do próximo mês, estando sendo feito reparos, pinturas e limpeza nos diversos setores. “Estamos já com a verba em caixa para deixarmos a escola linda e maravilhosa pra receber os alunos”, disse o professor Carlito, que explicou que a instituição é beneficiada por projetos federais, a exemplo do Ensino Médio Inovador, instituído pela Portaria nº 971, de 9 de outubro de 2009, que integra as ações do Plano de Desenvolvimento da Educação – PDE, como estratégia do Governo Federal para induzir a reestruturação dos currículos do Ensino Médio, e também o Mais Educação.

O objetivo do ProEMI é apoiar e fortalecer o desenvolvimento de propostas curriculares inovadoras nas escolas de ensino médio, ampliando o tempo dos estudantes na escola e buscando garantir a formação integral com a inserção de atividades que tornem o currículo mais dinâmico, atendendo também as expectativas dos estudantes do Ensino Médio e às demandas da sociedade contemporânea.

“A adesão ao Programa Ensino Médio Inovador nos possibilita receber apoio técnico e financeiro, através do Programa Dinheiro Direto na Escola – PDDE, para a elaboração e o desenvolvimento de projetos de reestruturação curricular. Um dos que chama bastante a atenção da comunidade estudantil é o que se realiza por ocasião da Semana da Consciência Negra, quando os alunos preparam apresentações de danças afros, comidas típicas e oficinas sobre como trançar cabelos, além de palestras sobre a importância da inclusão dos negros na comunidade”, completou Carlito.

O Projeto Mais Educação por sua vez, vai possibilitar o aumento em mais 200 horas/aula, em atividades como futsal, futebol, artesanato, dança, música, experimentos científicos, no turno oposto às aulas. “Estes projetos vão nos possibilitar um caminho mais rápido para a educação integral, que já existe nos países vizinhos ao Brasil, possibilitando inclusive que o aluno almoce na própria escola para ficar para as atividades do turno oposto”.

 

Diretor reeleito

O professor Carlito Alves Brito disputou no mês de novembro a eleição para o cargo de diretor escolar, tendo a sua chapa sido reeleita quase que por unanimidade, pois dos 1.080 votos, apenas 40 foram contrários à reeleição. E na urna reservada aos professores, foi registrado apenas um voto contra.

“Ser diretor de uma escola grande como a Luiz Eduardo Magalhães é um trabalho meio espinhoso, mas fico feliz por ter sido reeleito com tanto apoio e tenho certeza que a nossa equipe está preparada para fazer o melhor pelos alunos e funcionários que formam a grande família do Modelo”, finalizou o diretor, informando ainda que a escola possui 37 professores concursados e 2 contratados por REDA. Assegurou também que há um propósito do secretário de Educação do Estado, Osvaldo Barreto, de não deixar faltar nenhum professor em sala de aula no ano letivo de 2012, já estando a Direc-14 ciente da necessidade de novas contratações caso haja necessidade.

O diretor da Escola Modelo é casado com Irene Santos de Brito, tem 49 anos e é pai do adolescente de 13 anos Vinícius Santos de Brito.

 

Tags: , ,

Sem comentários ainda.

Deixe um comentário