Ladrões de banco presos em Maiquinique:

padrão destaqueA Polícia Civil de Itapetinga apresentou à imprensa, na manhã desta sexta-feira, 3, em entrevista coletiva, todos os envolvidos na explosão do Banco Bradesco de Maiquinique, fato que se deu na madrugada de quinta-feira, 2. Na ação, os indivíduos furtaram uma grande quantia em dinheiro, ainda não contabilizada pelo banco.

A delegada Rosilene Moreira Correia, Coordenadora da 21ª Coorpin, explicou à imprensa como ocorreu toda a ação das polícias para prender os envolvidos, inclusive, relatando a prisão do advogado Matheus Silveira Porto, de 29 anos, apontado como mentor intelectual do furto qualificado.

Todos foram enquadrados por crimes de formação de quadrilha, posse ilegal de arma de fogo, furto qualificado com uso de explosivos, entre outros. O advogado Matheus também recebeu voz de prisão em flagrante.

Matheus negou envolvimento no crime e disse que havia emprestado a propriedade para um dos oito rapazes, que acabou chamando os demais para uma festa. Esse tal “amigo” teria pedido para ele, advogado, levar uma mala até a cidade de Iguaí. Na mala estariam parte do dinheiro e as armas.

Tags:

Sem comentários ainda.

Deixe um comentário