Kátia Espinheira escolhida do PMDB

O domingo passado, 15, foi marcado pelo movimento dos peemedebistas de Itapetinga que se reuniram na Câmara de Vereadores das 8h às 13h para as prévias que escolheria o candidato que este ano vai disputar as eleições para prefeito. Dos 272 votantes, 240 optaram pelo nome de Kátia Espinheira. Ou outros dois pré-candidatos, Sílvio Macêdo e Rodolfo Schettini, também estiveram presentes e respectivamente receberam 10 e 15 votos. Ainda foram lembrados pelos filiados os nomes de Michel Hagge, Virgínia Hagge, Laécio Sobrinho e Djalma Santos.

No encontro, registrou-se também a presença de representantes de partidos de oposição em Itapetinga, como a vereadora Naara Duarte e o pré-candidato do DEM Geraldo Trindade; o pré-candidato pelo PSB, Jorge Ferreira, o presidente do PSDC Gildásio Queiroz, candidatos a vereador por outras legendas, entre outros.

Os trabalhos do PMDB do dia 15 foram coordenados pelo presidente da comissão provisória do partido, Laécio Sobrinho, e os votos foram computados por uma comissão formada por Virgínia Hagge, Airton Ferraz, Djalma Santos e Darwin Renan. Depois de anunciado o resultado, que foi recebido com palmas e gritos dos peemebistas, os políticos de oposição fizeram uso da palavra elogiando a organização do processo das prévias do PMDB, seguido dos discursos de Virgínia Hagge e Sílvio Macedo.

O líder dos Gabirabas, o ex-prefeito Michel Hagge, falou para uma platéia que lotava o recinto da Câmara e fez seu desabafo, explicando todo o processo até aquele dia da escolha do nome da candidata. “Que agora, depois de ter sido escolhida democraticamente por vocês, passa a ser também a minha candidata, pois fiz questão de que acontecesse as prévias porque preferi não demonstrar preferência antecipada por nenhum dos candidatos que colocaram seus nomes à disposição do partido como pré-candidatos”. Ele também alertou para o fato de ser necessário que todos continuem unidos em prol do nome escolhido, pois a campanha vai ser de “um tostão contra um milhão”. Michel Hagge lamentou em sua fala que Itapetinga esteja pagando por um equívoco dos eleitores que optaram por “mudança” nas eleições passadas, mas disse não guardar mágoas dos que se opuseram a sua candidatura e alertou para o fato de os partidos de oposição estudarem a melhor tática para se unirem em prol de uma campanha que possa sair vencedora do pleito.

Ao fazer uso da palavra, a candidata do PMDB, Kátia Espinheira, falou da emoção de ser a escolhida de forma tão democrática. “Agora é maior a minha responsabilidade e estou preparada para a jornada”, disse ela, enfatizando que seu nome ainda deverá passar pela convenção do partido para só depois ser homologado. Agradeceu o apoio de Sílvio Macêdo, que também era pré-candidato e gentilmente discursou depois da apuração emprestando apoio ao nome dela. “A você Silvinho, minha maior admiração ainda, pois aceitou democraticamente a escolha feita pelos filiados e vamos marchar juntos”, enfatizou. Kátia agradeceu também o apoio de Virgínia e Michel Hagge, bem como de todos os componentes da comissão provisória da Executiva do PMDB.

 

Tags: , , ,

Sem comentários ainda.

Deixe um comentário