Jovem desaparecido…

vsvDanilo Lima de Jesus, de 23 anos, morador do Bairro Vila Riachão, que estava desaparecido desde o último dia 13, teve o corpo encontrado sem vida no final da tarde desta terça-feira, no leito do Rio Catolé, nas proximidades da localidade denominada Piaba. A vítima estava com o corpo imerso no leito do rio.

Policiais militares e civis estiveram no local e o DPT fez a remoção do corpo. Um laudo do IML de Vitória da Conquista definirá a causa da morte.

Um possível homicídio não está descartado pela polícia, que investiga o fato.

 

Revoltados com demora no IML

A demora no exame necroscópico e a consequente falta de velório do corpo de Danilo Lima de Jesus motivaram familiares e amigos a se voltar contra a funerária, que nada tinha a ver com o fato. Essas mesmas pessoas, de posse de pedras, passaram a depredar o ônibus que voltava do cemitério, na tarde desta quarta-feira.

Danilo foi encontrado, sem vida, no leito do Rio Catolé na noite de terça-feira, 15. O corpo, encaminhado ao IML de Vitória da Conquista, somente chegou a Itapetinga nesta quarta, dentro de um caixão lacrado, em razão do estado de gigantismo.

A chegada da Polícia Militar, no local onde o ônibus estava estacionado na Praça do Clerolândia, evitou algo pior. O motorista do ônibus teve que se esconder em uma residência, para não se machucar com as pedras arremessadas.

As pessoas se evadiram e próximo do veículo a PM apreendeu uma garrafa pet com álcool, que seria para incendiar o ônibus funerário.

O proprietário da funerária esteve no Complexo Policial para fazer o registro da queixa, porém solicitou que não fosse realizada perícia no veículo, tampouco a autoridade policial tomasse providências.

Segundo ele, a demora na vinda do corpo se deu exclusivamente por culpa do IML de Vitória da Conquista.

Tags: , ,

Sem comentários ainda.

Deixe um comentário