Itapetinga entre as piores prefeituras do país

Uma pesquisa realizada pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) constatou que cerca de 90% dos municípios baianos não sabem administrar seus recursos financeiros. A pesquisa afirma que 82 das 374 cidades baianas investigadas estão entre as 500 piores do país.

Os motivos para esse péssimo desempenho das prefeituras baianas são os elevados gastos com folha salarial e a dificuldade na administração dos restos a pagar, além dos investimentos reduzidos. Na maioria dos municípios pesquisados, as prefeituras são as principais responsáveis na oferta de emprego dessas cidades.

De acordo com a reportagem que foi publicada pelo Correio, a pesquisa utilizou dados oficiais, declarados à Secretaria do Tesouro Nacional. O indicador considera cinco quesitos: receita própria; gastos com pessoal; liquidez; os investimentos municipais; e o custo da dívida.

No Sudoeste da Bahia, nove municípios entraram para lista das piores prefeituras do país. São eles: Jequié, Itapetinga, Barra do Choça, Manoel Vitorino, Ipiaú, Itarantim, Caatiba, Jaguaquara e Maiquinique.

Fonte: Daniel Silva

 

 

Tags:

Sem comentários ainda.

Deixe um comentário