‘‘Irmandade da Pedra’’ chega à serra de três pontas

Sem título-1Ano passado a escalada aconteceu em 22 de fevereiro. Agora em 2016 o grupo aumentou e a data foi 28 de fevereiro. Mais uma vez a ideia foi do radialista Cloves Silva, que acompanhado de outros guias, convidou um grupo para a escalada à Pedra de Três Pontas, localizada no município de Itarantim, distante 100km de Itapetinga.
O desafio para o grupo denominado ‘‘Irmandade da Pedra’’ já começou da saída daqui com destino à vizinha cidade, enfrentando cerca de 100km de estrada em péssimas condições de conservação. De moto e carro, o grupo chegou ao ponto de partida para a subida ainda bem cedo. Encarar mais de mil metros morro acima é uma atividade que quanto mais cedo do dia se fizer, melhor para o grupo. “No caminho íngreme em vários pontos, o desafio maior é superar as dificuldades, enfrentar os obstáculos e curtir a aventura que só quem já fez esta escalada sabe o gosto”, registrou Cloves Silva, que diz sentir as energias renovadas todas as vezes que se desafia e desafia os amigos a se unirem a ele na escalada.
Desta feita, os corajosos foram Robson, Nilton Cirqueira, Jefté, Aniel Ziggy, Márcia Maurício Ferraz, Érica Margarida, Mauricio Gomes e Márcio. Depois de muito cansaço, paradas e contato com a natureza, a recompensa de chegar à parte mais alta.
Nos depoimentos de alguns dos aventureiros, um pouco do sentimento que os uniu: “Não me canso de olhar e relembrar essa aventura incrível, com irmãos que levarei pra vida inteira, pois outras trilhas desbravaremos juntos. Contemplar a natureza, superar desafios, sentir a energia divina tão perto, perceber os detalhes na sensibilidade de cada folha, pedra, flor e diversas expressões da natureza que encontramos pelo caminho… foi uma experiência para mim inesquecível. Obrigada a toda Irmandade, valeu muito”, registrou Márcia Aguiar.
‘‘Dizer da experiência na escalada, difícil descrever toda emoção, nos remete ao que há de mais puro nesse universo: o contato direto com a natureza primitiva, nos permite acreditar que nem tudo está perdido, que ainda há tempo de preservar o que ainda existe”, comentou Aniel Costa Cruz, acrescentando que “subir na Pedra de Três Pontas é uma lição de humildade. Onde precisamos uns dos outros, seja no partilhar de uma fruta, uma barra de cereal ou mesmo em um gole de água (e como tem valor a água lá em cima ), ao dar as mãos pra enfrentar os obstáculos apoiando uns aos outros. Nessa escalada não há situação ou oposição há um sentimento de solidariedade e de que todos somos iguais e precisamos uns dos outros”.
Para o fotógrafo e cinegrafista Nilton Cirqueira, trazer nas fotos da equipe que subiu a serra um pouco da riqueza e boniteza da região, foi um momento “que não tem preço, sem falar no desafio particular de cada um que venceu seus próprios desafios para percorrer as distâncias, o terreno íngreme e ter o prazer de avistar lá do alto uma imensidão que só se explica aos olhos do Criador”.

Um comentário para “‘‘Irmandade da Pedra’’ chega à serra de três pontas”

  1. Aniel
    11 de março de 2016 às 0:19 #

    Parabéns Jornal Dimensão, a matéria ficou incrível.

Deixe um comentário