Idoso foi assassinado com requinte de crueldade em Bandeira do Colônia

bandidoUm bárbaro homicídio deixou em estado de choque a população de Bandeira Colônia, distrito pertencente a Itapetinga. É que um de seus moradores, Antonio Cardoso Moreira, conhecido por “Pedinha”, de 63 anos, fora encontrado morto dentro de casa, na Rua Hermógenes de Melo, na manhã desta sexta-feira, 15.

O crime, que parecia ser de difícil elucidação, passou a ser investigado pela DHPP (Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa) de Itapetinga, sob o comando do Delegado Titular, Roberto Júnior, e equipe.

Colhendo as primeiras informações no local, os policiais civis realizaram diligências e incursões em ruas daquele distrito, logo chegando ao nome de um suspeito, morador de uma rua adjacente. Essa pessoa teria, na noite anterior, feito uso de bebida alcoólica na companhia da vítima.

Prisão do homicida

E a suspeita se transformou em evidência forte da participação de um jovem, identificado como Maicon Talis dos Santos Silva, vulgo “Maiquinho”, de 21 anos, no cometimento do homicídio de “Pedinha”. Na residência dele, de acordo com o Delegado Roberto Júnior, foram encontradas uma blusa e uma bermuda com manchas de sangue.

“Após o crime, com as roupas sujas de sangue, Maicon Talis foi em casa e tomou banho. A intenção dele era não deixar provas do que havia feito”, revelou o delegado.

A partir daí, Maicon passou a ser procurado.

Pessoas viram ele caminhando no sentido Itororó/entrada para Potiraguá, deixando claro que iria para uma fazenda próximo do Povoado de Palmares, onde tem parentes.

Assim, o Delegado Roberto Júnior e equipe rumaram, em uma camioneta despadronizada, para Palmares e no caminho, já próximo do povoado, encontraram Maiquinho caminhando. Quando abordado e preso, confessou o crime.

“Quase decepei a cabeça dele’’

Para o Delegado Roberto Júnior, Maicon Talis disse: “Matei para não morrer, pois ele pegou uma faca para me atingir”, referindo-se à vítima Antonio Cardoso, conhecido por “Pedinha”.

Segundo o autor do homicídio, ele e “Pedinha” fizeram uso de bebida alcoólica até altas horas em um barzinho e em seguida se dirigiram para a casa da vítima e que lá se desentenderam e ocorreu o crime.

“Peguei um facão e dei dois golpes no pescoço dele. Em seguida, para ter certeza da sua morte, virei a cabeça de ‘Pedinha’ para trás e cortei com firmeza o pescoço. Quase decepei o pescoço dele”, contou com frieza o assassino.

Disse, ainda, que há mais ou menos seis meses, quando estavam em Ibicuí, a vítima tentou lhe matar com uma faca, causando entre ambos uma rixa.

Maicon Talis dos Santos Silva foi autuado em flagrante por crime de homicídio.

Um comentário para “Idoso foi assassinado com requinte de crueldade em Bandeira do Colônia”