Homicida Zé Reis foi condenado: 16 anos de prisão

modelo 1Foi instalada na manhã desta quinta-feira, 7, no Salão Nobre do Tribunal do Júri, mais uma Sessão Ordinária para julgamento de Processo por crime contra a vida. A Sessão foi presidida pela juíza titular do Tribunal do Júri, Dra. Mirna Fraga Souza de Faria, sendo réu Antonio Reis Soares de Oliveira, vulgo “Zé Reis”, que enfrentou o Conselho de Sentença formado por seis homens e uma mulher (representantes da sociedade de Itapetinga).

A vítima desse crime bárbaro foi o idoso de 69 anos, Sr. Jacy Alves da Silva, que foi golpeado de faca, depois de ser perseguido pelo assassino frio e violento.

 

Os fatos

“Zé Reis” matou a golpes de faca, no dia 14 de outubro de 2011, o idoso de 69 anos, Jacy Alves da Silva. Na época, testemunhas disseram que o assassino perseguiu a vítima até um mercadinho e lá lhe desferiu duas facadas.

O crime chocou a cidade e, principalmente, os moradores da Vila Isabel, visto que o senhor Jacy morreu inocentemente, no lugar do seu filho Aelson Silva Santos, que momentos antes havia se desentendido com “Zé Reis”.

Depois de seis meses de buscas e uma campana que varou a madrugada do dia 24 de abril de 2012, a Polícia Civil de Itapetinga finalmente prendeu o homicida de 38 anos. Ele estava homiziado na sede da Fazenda Goriza, depois do aterro sanitário, neste município.

O Ministério Público – representado pelo Promotor de Justiça, Dr. Rogério Bara Marinho, sustentou a tese de homicídio duplamente qualificado, por motivo Torpe: vingança, pois o réu matou o idoso no lugar do filho. Um dos motivos, uma dívida no valor de R$ 50,00; E ainda o recurso que dificultou a defesa da vítima, visto que foi perseguida e alvejada pelas costas com golpes de faca.

O Conselho de Sentença optou pela condenação do réu e acatou as teses do Ministério Público. A defesa do acusado foi feita por dois advogados. Após votação na Sala Secreta saiu a decisão: o réu foi condenado e pegou uma pena de 16 anos em regime fechado. Vale ressaltar que Zé Reis já se encontra preso há dois anos e quatro meses.

Sem comentários ainda.

Deixe um comentário