Homenagem mais do que merecida

Cada cidade, cada comunidade, tem os seus personagens que a representam muito bem, com características próprias, bem distintas, onde ao falar o seu nome é imediatamente associado a uma ação. Itapetinga não é diferente das demais cidades, rica nesta condição, poderíamos ocupar páginas deste jornal caracterizando-os devidamente, mas, cito apenas uma mulher que ao acordar, tem o duro e doce destino de ensinar a música as pessoas, nunca lhe importando a sua origem, cor, sexo, condição social e tampouco a idade. Quando falamos de música em Itapetinga, lembramos logo de Leniza.

A professora Leniza Souza Santos, nossa maestrina, desenvolve um trabalho espetacular em nossa cidade onde, além da formação musical que dá aos seus alunos, sabe valorizar o indivíduo sempre acreditando nele. Ela é incansável neste aspecto, tive oportunidade de vivenciar alguns fatos e é admirável o seu empenho.

Quantas vezes pude vê-la caminhando em Itapetinga, seja com chuva ou sol a pino, carregando os seus instrumentos junto aos seus alunos afim de participar de atos públicos, religiosos ou privados. Não sabe dizer não. Se tem um evento lá está, impecável, regendo com a sua batuta para que todos possam naquele momento perceber a música. Os seus alunos são da mais variada idade, dos quatro aos oitenta anos, que tocam, cantam e dançam ou fazem tudo conjuntamente. Alguém sabe quantos corais ela conduz? Muitos…sempre!!! Alguém a vê sentada, queixosa de não conseguir realizar algo? Impossível!!!

Essa sua disponibilidade, dedicação e competência ao que faz ultrapassa divisas e no dia 15 de julho do corrente ano, nossa maestrina será homenageada no Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Antiga, na cidade de Juiz de Fora – Mg, onde já é frequentadora a pelo menos 20 anos. Prêmio justo para quem sempre teve o empenho pessoal com muita dificuldade para poder levar os seus alunos e tornar público, em caráter nacional o seu profissionalismo.

O Cantos das Artes precisa ter um apoio (inclusive financeiro) das instituições de Itapetinga onde além da música há atividades outras como pintura e artesanato. São os jovens desta cidade que lá frequentam, é um complemento na sua educação, fundamental a essa atualidade que vivemos onde as drogas e a falta de educação impera.

Parabéns a Profa. Leniza e a toda sua equipe do Canto das Artes.

 

 

Prof. Ronaldo Vasconcelos F. Filho – Coordenador de Extensão/UESB – Campus Juvino Oliveira

 

Sem comentários ainda.

Deixe um comentário