GM e PM: parceria garantiu segurança durante o feriadão

padrão destaqueA Guarda Civil Municipal de Itapetinga (GCMI) – numa parceria de resultados com a Polícia Militar (8ª CIPM) obteve um excelente resultado durante as ações do final de semana prolongado em função do carnaval, garantindo segurança aos munícipes e visitantes.

A Polícia Militar não deixou de cumprir com rigor as suas atribuições e não deixou a cidade sem policiamento nesse período. Os Pelotões Especiais (PETO e ROTAM) patrulharam a cidade, empreenderam diligências em diversos bairros, abordagens a pessoas suspeitas, atendimento das chamadas do CICOM (Centro Integrado de Comunicação entre as Polícias, com sede em Vitória da Conquista), que recebe as denúncias da comunidade de Itapetinga e repassa para a Central de Rádio Patrulha da 8ª CIPM.

O operador da CRP assim que recebe a comunicação do SICOM, entra em contato com a viatura mais próxima para se deslocar ao endereço da ocorrência, garantindo com isso maior agilidade e uma prestação de serviço de qualidade. A PM foi responsável por apreensão de drogas, arma de fogo, prisões, detenções, apreensão de adolescentes infratores, T.C.Os, Flagrantes, e Boletins de Ocorrências.

A Guarda Municipal não foi diferente. Começou ainda na sexta-feira, 28.02, por volta do meio dia, quando o Grupo Especial Tático em Motocicleta (GETAM) durante patrulhamento ostensivo pela Central I de Abastecimento se deparou com dois jovens em atitude suspeita, que ao avistarem a aproximação do GETAM, mudaram de atitude e um deles colocou um pacote pequeno na boca.

Os Guardas Municipais do GETAM (Marciano, Marcos e João Lucas) procederam a abordagem e encontraram com o adolescente de 17 anos, uma embalagem plástica contendo 20 pinos de crack, prontos para comercialização. O outro rapaz que estava na companhia do adolescente foi identificado como Wemerson de Almeida Lopes, 24 anos, que de acordo com os GMs (baseado no relato do adolescente infrator), o jovem Wemerson estava comprando em sua mão “droga para consumo”.

Wemerson vai responder por uso de entorpecente e o adolescente a procedimento específico de acordo com o ECA, por conta do tráfico de drogas. A droga foi encaminhada para perícia na CRPT (Coordenadoria Regional de Polícia Técnica). Em poder de Wemerson foi encontrada a quantia de R$ 115,00 em espécie, que ele alegou ser de sua esposa.

Com informações de Sizínio Neto

Tags: , ,

Sem comentários ainda.

Deixe um comentário