Funcionários do BB vão paralisar atividades

bbOs funcionários do Banco do Brasil de Itapetinga e Região aprovaram, em assembléia em Vitória da Conquista, a deflagração de greve por 24 horas no próximo dia 30 de abril. “A paralisação foi chamada em âmbito nacional. É uma reação à postura truculenta da direção do BB, que tem tratado seu funcionalismo com o pior descaso possível”, declarou à imprensa o presidente do Sindicato dos Bancários de Conquista e Região, Delson Coêlho.

Os funcionários do Banco do Brasil estão sendo penalizados com demissões sem justa causa, descomissionamentos e uma série de medidas que têm influenciado na saúde de todo o quadro funcional.

Redução salarial de 16%

Em janeiro, uma dessas medidas foi considerada a mais arbitrária: a implantação de um novo plano de funções comissionadas, sem discussão com os trabalhadores.

O novo plano reduz as gratificações de funções em até 80% e distorce a de carreira de diversos funcionários. “Depois de décadas de lutas e greves, o BB quer retirar, quer morder nossos direitos. Não vamos admitir”, finalizou Delson Coêlho.

Números

Hoje, no Banco do Brasil, o quadro de funcionários é composto por mais de 120 mil trabalhadores. Em Conquista e Região, com a greve, 32 agências estarão fechadas. Serão quase 500 funcionários paralisados.

As informações são da Ascom do Sindicato dos Bancários.

Sem comentários ainda.

Deixe um comentário