Cassação do prefeito:

zéTeve início na quarta-feira às 9h o processo de cassação do Prefeito JCM. A audiência foi conduzida pelo Juiz Léo André Cerveira que ouviu testemunhas de defesa e de acusação. O prefeito foi dispensado pelos advogados de permanecer na sessão.

Nesta primeira audiência foi apurado crime de propaganda ilegal como os outdoors colocados ao lado da prefeitura durante a eleição, a inauguração da UPA com equipamentos emprestados e a exibição de uma retroescavadeira em frente à prefeitura. Das testemunhas de defesa do prefeito, o empresário Dadai do Biscoito não foi ouvido e o depoimento de Julimar Limoeiro que exercia cargo de confiança, não deverá ser aproveitado.

Audiências em setembro

A segunda audiência vai ser realizada no dia 12 de setembro às 9h e a terceira as 14h. Ambas vão tratar de outros crimes eleitorais cometidos pelo prefeito, dentre eles a distribuição de gasolina nas carreatas, entrega de camisas compradas pela máquina e asfaltamento e calçamentos realizados durante a campanha.

Tranquilidade

Quem esteve nos corredores do fórum na quarta-feira observou o otimismo e a serenidade de Kátia Espinheira e Gilson de Jesus que não querem comemorar e nem comentar nada antes da sentença final para não atrapalhar o desfecho. Comenta-se que o próprio Promotor Junseira, que foi indicado para acompanhar os processos, não foi impedido de atuar para as audiências não serem adiadas novamente.

As informações são de José Ferreira.

Tags:

Sem comentários ainda.

Deixe um comentário