Assassino do jovem Marcos Vinícius foi condenado pelo Tribunal do Júri

modelo 1Durou cerca de cinco horas o júri de Vanderlei Oliveira da Silva, de 25 anos, ocorrido nesta terça-feira, 18, em Itapetinga, e no final o veredito: condenado a 14 anos de prisão em regime fechado pelo assassinato do jovem Marcos Vinicius Andrade Rodrigues dos Santos. O crime aconteceu em 08 de outubro de 2011, na Rua Armando Nunes de Queiroz, na Vila Riachão.

Naquela noite, por volta de 22h, Marcos Vinicius, que tinha 18 anos, andava pela referida rua, quando acabou abordado por Vanderlei, que deflagrou três tiros contra a cabeça da vítima. Houve o socorro ao Hospital Cristo Redentor, mas o jovem não resistiu e morreu minutos depois.

Vanderlei fugiu e oito meses depois foi preso em Camaçari, região metropolitana de Salvador, depois que a Polícia Civil representou pela sua prisão preventiva. Justificou que atirou em Marcos Vinicius após tomar conhecimento de que ele havia agredido o seu sobrinho menor de idade.

Vanderlei cumprirá pena no Presídio Regional de Jequié e, para lá, será recambiado nos próximos dias.

O Tribunal do Júri foi composto, nesta terça-feira, pela Juíza Mirna Fraga Souza de Faria – Juíza de Direito da 1ª Vara Criminal de Iapetinga. O Promotor de Justiça foi Antonio José Gomes Francisco Júnior e a advogada de defesa Marina Rodrigues, de Itabuna.

Sem comentários ainda.

Deixe um comentário