Apagão causou prejuízos na Uesb

O apagão que surpreendeu a todos neste país causou com certeza inumeros prejuízos, da dona de casa ao industrial ninguém escapou deste lamentável acontecimento. Na UESB, no setor de avicultura, o prejuízo se deu na perda de material genético, onde quatro incubadoras, em um total de 654 ovos de galinha, codorna e perua, todos foram perdidos já que a energia só foi restabelecida depois das 8:00 horas da manhã desta sexta-feira, dia 26 de outubro.

Foram mais de oito horas sem energia, perdendo também todo estoque de vacinas que atende ao plantel de aves do setor. Embriões cujo nascimento estava previsto para o dia 30 de outubro estavam 100% mortos, praticamente com o seu desenvolvimento embrionário completo. Inconsolável com o fato, o professor Ronaldo Vasconcelos, do setor de Avicultura da Uesb, disse que o ocorrido foi “lamentável, ainda mais depois das afirmações da ilustríssima presidenta Dilma Roussef dizendo que apagão é coisa do passado neste país, pois sim… acredito muito nela, da mesma forma que também creio na existência de Mula Sem Cabeça e Saci-Pererê”, desabafou o professor do curso de Zootecnia da Uesb.

 

Sem comentários ainda.

Deixe um comentário