Adaíldes e Osvaldo Xavier – Pecuaristas e empresários

O evento em foco, além de proporcionar ao público momento de entretenimento, lazer e negócio, oferece a oportunidade de participação de todos os itapetinguenses na maior festa da pecuária. Boa parte da Bahia e outros Estados da Federação também participam deste evento da Agropecuária Nacional, mostrando o potencial de nossa terra.Todos ganham com a exposição. Ela movimenta o comércio, os hotéis, restaurantes e grandes negócios ali são realizados, desde os barraqueiros que vendem seus produtos, aos pecuaristas que apresentam o seu rebanho, realizando um grande intercâmbio em experiências e tecnologias. Ela oferece oportunidade para que a população em geral participe tomando conhecimento, no que faz hoje em pecuária moderna. No final todos saem ganhando.Diversas raças são expostas, mostrando suas aptidões na produção de carne e leite. Mostra por sua vez, o esforço do produtor rural em globalizar suas atividades, visando atingir seu público. Desta forma todos nós itapetinguenses devemos nos sentir orgulhosos pela contribuição extraordinária que as exposições de Itapetinga têm dado para o desenvolvimento da nossa economia, mostrando Itapetinga para a Bahia e para o Brasil.Neste ensejo, quando Itapetinga realiza a sua 42ª Exposição Agropecuária e 16ª Exposição Nacional, nos abraçamos nossa querida Itapetinga que comemora os seus 60 anos e abraçamos também os seus organizadores pelo brilhante evento. E que esta seja mais uma etapa do desenvolvimento e crescimento de nossa cidade. Nossa homenagem fica para Manoel Neto – colunista social deste conceituado jornal – que com grande sabedoria trouxe aos leitores de Dimensão um tema de especial relevância para ser discutido por todos nós, pois não podemos discutir a história de Itapetinga sem falar da importância da exposição. Na oport

Sem comentários ainda.

Deixe um comentário