ADAB apreende produtos clandestinos comercializados em feiras livres

modelo 1Mais de 1 tonelada de produto de origem animal foi apreendida, no último sábado, 15, após operação conjunta realizada pela Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), órgão vinculado à Secretaria Estadual da Agricultura (Seagri), a Polícia Militar e a Vigilância Sanitária. Queijos e manteigas impróprios para consumo foram retirados das feiras livres de Encruzilhada e do distrito de Vila do Café, região de Vitória da Conquista.

De acordo com o coordenador regional da Adab em Vitória da Conquista, Jardel Xavier, os produtos de origem clandestina não possuíam a documentação sanitária exigida por lei. “O objetivo deste tipo de operação é sempre de salvaguardar a saúde pública e a coordenadoria de Conquista está apertando o cerco para garantir a segurança do alimento e o status sanitário da agropecuária baiana”, ponderou Xavier lembrando que, durante a fiscalização de trânsito, a Agência anunciou na última quinta-feira, 13, a apreensão de dois caminhões que transportavam aves de descarte sem a documentação necessária.

“Ao apreender esse material, estamos prestando serviço ao consumidor, impedindo que um produto em desacordo com a legislação sanitária chegue à mesa da população baiana”, enfatizou o diretor de Inspeção de Produtos Agropecuária, Adriano Bouzas. O diretor informou também que o consumo de carne e dos derivados do leite produzidos clandestinamente pode causar sérios riscos à saúde e somente uma ação conjunta com os órgãos envolvidos e, principalmente, com a população pode coibir o comércio de produtos irregulares.

Os produtos apreendidos foram descartados em aterros sanitários do município.

(Ascom Adab)

Sem comentários ainda.

Deixe um comentário