Gilberto Borges de Oliveira

Natural de Icaraí, distrito de Caatiba, Gilberto Borges de Oliveira está em Itapetinga desde 1969. Estudou até a 5ª série no Ginásio Agro Industrial, foi funcionário da Etecol, do Mafrip, da Coopardo e há 19 anos integra o rol de auxiliares do Jornal Dimensão, sendo um dos entregadores do semanário nos finais de semana, o que faz com muito entusiasmo e boa vontade. Em homenagem aos seus 47 anos completados no dia 22, é o nosso convidado desta semana.

NOME COMPLETO: Gilberto Borges de Oliveira

ÁREA DE ATUAÇÃO: Auxiliar gráfico

AMOR: Meus parentes

SONHO: Conseguir ainda uma mulher por volta de 30 a 40 anos para vivermos juntos

A MELHOR VIAGEM: A que fui a São Paulo, dezembro de 98 e assisti a Corrida de São Silvestre e pretendo ainda este ano fazer a mesma viagem.

MEDO: De morrer ou de ficar hospitalizado

UMA CONQUISTA: Fazer parte da equipe Dimensão

UMA TRAGÉDIA: Um acidente que sofri em 1982 no Ponto Certo. Escapei por pouco. Fui socorrido por Seu Santinho da Padaria, que me levou para o hospital.

SUA MAIOR VIRTUDE: Sou uma pessoa preocupada com os outros.

O QUE TIRA VOCÊ DO SÉRIO: Quando algum plano que eu tenho não dá certo. Esperar meu pai e meus irmãos nos visitar no final de ano e não os ver chegar por exemplo, me deixa angustiado.

MANIA: A de “roer o crânio”, ou seja, fico “mastigando o maxilar”, mas como dr. Flávio dizia, “uma roidinha de crânio vez em quando não faz mal a ninguém..”

VAIDADE: O de cumprir com os meus compromissos, principalmente o de comprar e pagar.

FRASE: “Aqui é pequeno, mas dá pra nós dois e se for pequeno a gente aumenta depois” (Senhorita, de Zé Geraldo)

SEU MAIOR PROJETO PARA O FUTURO: Chegar até os 50 anos com muita saúde.

COMO VOCÊ SE DEFINE: Uma pessoa boa.

QUAL SEU ATUAL ESTADO DE ESPÍRITO: Alegre.

4 Comentários para “Gilberto Borges de Oliveira”

  1. ze albérico
    10 de fevereiro de 2013 às 11:39 #

    voçe é filho de Dete que mora em São Paulo(Pedro Borges? )

  2. Adenor Rodrigues
    23 de fevereiro de 2013 às 17:54 #

    Ao meu conterrannio “Gilberto” eu estou lendo a sua historia seu perfil, neste Jornal DIMENSÃO, ai da minha cidade, eu gostaria de contar com a sua ajuda para eu conseguir desmitificar uma duvida com relação a um irmão meu desaparecido, de Itapetinga por volta de 1952/53, nome Manoel apelido de Neo, dessendente da Familia dos Coelhos, Tios Ubaldo Coelho, esp/Adilia, Dion Coelho, esp/Nissinha, Diocreciano F.Coelho, eles foram propritarios duas lojas de tecidos ai em Itapetinga, uma ficava na praça, loja dos Coelhos com uma pintura de um Coelho na parede, foi informado que encontra em Itapetinga, um ciadão com uns 70 e poucos anos de idade, que chama Manoel Ferreira dos Santos,que veio de volta para Itapetinga, para tentar localizar as suas origens, nome dos seus pais que ele atualmente esta registrado com pais ignorados, eu gostaria de localizar esta pessôa para tirar esta duvida quem sabe se sera o meu irmão desaparecido, pois eu ja procurei em Vitoria da Conquista, Tremedal dos Ferraz,e Caraibas do Gavião, la mora atualmente a irmã Geméa dele Dalva Ferreira dos Santos,com o seu esp/ Elio, foi la que eu estive em 2010 foi informado por um primo nosso que ele morou por muitos anos por lá era um grande comprador de gado, estava com uma bôa situação financeira depois ele desfez de tudo e sumio de novo não deixou nen rasto, como ele ja era acostumado a fazer este tipo de sumisso eu deduz, que seja ele que se encontra em Itapetinga, nas suas origens,as informações deste cidadão que esta ai a procura de localizar parentes para tentar descobrir os nomes de seus Pais, se for o meu irmão Manoel apelido de Neo, quem me passou a informação foi um amigo meu que ficou de conseguir mais informações não retornou mais, como voçe reside tem contato com muitas pessôas, quem sabe com estas dicas que vou lhes passar voçe consiga chegar ate este cidadão esclarecer as minhas duvidas, a imformação que eu consegui e que ele chama Manoel Ferreira dos Santos, esta com mais ou menos com idade acima dos 70/72, que mora com um dos filhos, são fazendeiros compra e vende gado, ele diz que não deseja morrer sem descubrir os nomes dos seus Pais biologicos,seus irmãos,eu ja soliçitei auxilio deste jornal mais não consegui uma resposta ja coloquei os nomes de todos os meus desendentes, ja tentei com o presidente da Coopardo, que tambem leva o nosso sobrenome dos Coelhos, de Vitoria da Conquista aonde residia os nossos tios e tias, ja (falecidos) Meu Pai, Heitor Rodrigues, e Anesia Ferreira dos Rodrigues, avós Teodorico Ferreira Coelho, e Maria Rita Ferreira Coelho. temos muito parentes dos Coelhos em Itapetinga, no momento eu não estou em condoções de ir ate ai porque estou o perado da Coluna mais assim que recuperar irei ai fazer uma visita ao meu conterranio a este seu Jornal, vou ficar muito agradecido se voçe se empenhar em dismitificar esta duvida minha,e da minha Irmã, eu vou torcer para voçe consiga a sua cara metade, mais em Itapetinga sempre a cidade das mulheres bonitas é de muita fartura,eu sai com 14 anos de idade sempre nas minhas ferias retornava para visitar os meus parentes, com 21 anos, voltei a paseio consegui conquistar a minha cara metade neste cinema, ja completamos bodas de ouro, foi a melhor ferias que passei por ai, depois outras ja com ela,ultima em 2010, como não temos mais os nossos familiares mais proximos, por ai ficamos hospedados neste hotel em frente a praça do boi, depois fomos para Salvador, quem sabe se localizar este meu Irmão, poderemos retornar, e conhecela obrg,

  3. Gilberto Borges de Oliveira
    2 de março de 2013 às 14:11 #

    Sim meu pai é Pedro Borges, mais conhecido como Dete. Tenho aí em São Paulo também alguns irmãos. Eu trabalho no Jornal Dimensão em Itapetinga, onde moro com minha mãe.

    Abraço,

    Gilberto Borges

  4. Ao meu conterranio Gilberto Borges.
    7 de setembro de 2013 às 16:06 #

    Eu não moro em São Paulo, moro no paraíso dos nossos Deputados Federais, cheguei aqui em 06/1960 com 22 anos de idade, para ajudar o nosso maior Presidente do Brasil, a construir a nossa nova Capital da Republica Brasília, eu estou enviando esta mensagem para você porque eu tenho um grande amigo da maior família, dos Borges de Uberaba MG, como o Estado de Minas Gerais, sempre foi um dos Estados que muitos Baianos, se mudavam para lá, o seu Pai poderá ter sido um deles, aqui temos um ditado que o Mineiro é um Baiano cansado, porque eles fugia do nosso Estado chegava em Minas ficavam cansados, dali não saiam mais obrigado.

Deixe um comentário