‘‘Joãozinho Matador’’ liberado de presídio

j

João Paulo de Oliveira Lagoas, apelidado de “Joãozinho Matador”, ainda se encontrava custodiado no Presídio Regional de Jequié, mas acabou liberado no final da tarde desta quinta-feira, 25. A informação é de um dos advogados do criminoso.

João Paulo tinha audiência agendada para o dia 15 de agosto, mas o escritório de advocacia, contratado por ele, informou que havia conseguido o relaxamento de sua prisão. O recambiamento de Jequié para Itapetinga ocorreria nesta quinta-feira.

“Tão logo chegou o alvará de soltura no Presídio de Jequié, João Paulo ficou livre”, revelou a advogada Andréa Caroline.

Recentemente, João Paulo de Oliveira Lagoas esteve no banco dos réus, em Itapetinga, condenado a sete anos de reclusão em regime fechado por tentativa de homicídio. Na manhã do dia 14 de dezembro de 2006, “Joãozinho Matador” efetuou dois disparos de arma de fogo contra a pessoa de Ramon Souza Santos, que sobreviveu ao atentado.

Os advogados recorreram dessa sentença condenatória, mas mesmo assim João Paulo permaneceu preso em razão de outros crimes, principalmente, tráfico de drogas.

Moto de Fábio da Silva Calçados é encontrada em matagal

 A Polícia Civil de Itambé localizou na manhã da quinta-feira, 25, a motocicleta de Fábio Santos Abade, desaparecido e encontrado morto numa nascente de rio, no interior da Fazenda São Gonçalo, no Km 18 da BA-263, naquele município. O veículo, uma CG/Titan, de cor azul, estava caída em um matagal, não muito distante onde o corpo estava.

O Investigador Paulo Rucas e guardas municipais fizeram a remoção do veículo. O policial disse que a motocicleta estava com o tanque de combustível totalmente vazio.

A motocicleta de Fábio será encaminhada ao DPT de Itapetinga para ser periciada.

Fábio Santos Abade, morador de Vitória da Conquista, havia desaparecido na manhã de 08 de julho, tendo o corpo sido encontrado na nascente no dia 12 do mesmo mês.

As investigações em torno do caso continuam a cargo da Delegacia de Itambé, distante 45 quilômetros de Itapetinga.

Sem comentários ainda.

Deixe um comentário